Janaína Brás

Então o anjo disse-lhe: "Mulher, tua religião é selvagem, tua oração é o abismo."

ALGUÉM ME EMPRESTA UM CÓDIGO DE ÉTICA?


Mancada

A jornalista estagiária saiu pra brincar em Aquiraz esta manhã. Surpresa boa receber uma matéria policial da mão da editora, mas não posso negar o frio na barriga. Quando cheguei ao fórum, três equipes de televisão já estavam lá. Eu nunca tinha coberto uma coletiva, então não entendo muito bem como funciona. Imaginei com meus botões que as perguntas vêm em enxurrada, e a gente vai se defendendo com pode, por isso fui nesse espírito.

Uma moça da Globo, meio abusadinha, deu um corta em mim logo de proa. Ela estava se preparando pra gravar a sonora quando eu cheguei conversando com o promotor. Sorri e continuei fazendo minhas perguntas, mas fiquei alerta, né? Não queria ser passada pra trás.

Foi aí que me precipitei. Quando a abusadinha acabou e foi embora sentei na cadeira dela e comecei meu interrogatório. Um rapaz com sotaque carioca estava no canto da sala e tinha chegado antes de mim. Passei na frente dele na maior, e ele nem disse nada.

Tomei a cadeira da mão do cinegrafista e me sentei. Depois fiquei com a cena martelando na cabeça o dia inteiro.

Pena eu não ter pedido desculpas ao cara. Falando assim percebo que não dá pra ver nada de demais, mas a situação realmente foi chata. Na tentativa de me defender desses repórteres leões de chácara, mal educados e desrespeitosos, virei uma igual naquela hora. Fiquei chateada.

A ele não pedi desculpas, mas fica aqui o relato. Quem sabe serve de dica.

Anúncios

Filed under: jornalismo UFC, , ,

JORNAL LABORATÓRIO E AS EPIFANIAS


2009.2 – revista Entrevista

A faculdade está quase acabando, depois dos ajustes desta semana, raro será o dia em que precisarei estar no prédio da comunicação social de corpo presente. Isso porque as três disciplinas desse semestre são principalmente práticas: ajustam-se o calendário e o plano de ação nas primeiras aulas, daí em diante é tchau e benção. Cada um cuida das próprias incumbências. Gosto disso.

Como também me agrada ir à faculdade ter reunião de pauta, decidir projeto gráfico e pensar na loucura da vez que queremos ver publicada no jornal laboratório. Sinto alegria em perceber que os laços estão se desamarrando e que, logo mais, serão apenas saudades do tempo bom. Estranhamente… tenho apreço pela saudade quando ela vem acompanhada da sensação de boa lembrança.

As duas horas da reunião de hoje farão parte deste conjunto de memórias Jornalismo-UFC, porque foi justamente ali que me dei conta de onde estou como estudante e profissional. Debatendo com os colegas de sala os detalhes do nosso jornal revistado, senti autoridade na nossa fala, alguma segurança nos pontos de vista e, o melhor, entusiasmo.

Estamos nos formando, cacete.

Filed under: jornalismo UFC, , , , , , , , ,

DEMANDA POR DISCIPLINA DE INTERNACIONAL


CII 2009

CII 2009

Ontem chegou ao fim a edição 2009 da Simulação das Nações Unidas – SONU. O projeto de extensão do curso de direito da UFC acontece em parceria com a Unifor e simula, cada ano, durante quatro dias, reuniões decisivas de comitês da ONU. O Comitê de Imprensa Internacional, também parte da organização, é simulado desde 2006, aumentando ano após ano a qualidade da cobertura jornalística que desempenha.

Nesta edição, fiz parte da equipe de editores e posso dizer que me sinto muito feliz por isso. Contamos com a coordenação dos queridos Lívia Rosas e Bruno Preá, que anteciparam a reunião de editores e a preparação dos repórteres, desenvolveram um trabalho sério e competente e nos levaram à simulação cobertos de segurança e cientes da nossa responsabilidade.

Ao todo, somamos três agências de impresso, duas de tele e uma de web. Desempenhamos nosso papel de maneira competente sem contar com nenhuma instrução profissional, a não ser a oficina de duas horas com o querido professor Agostinho Gósson. Tendo em vista que a equipe de repórteres, em sua maioria, era inexperiente em simulações e cursa ainda os primeiros semestres da faculdade, posso afirmar sem nenhum receio que desenvolvemos um excelente trabalho. Por isso, acredito que juntos formamos uma clara demanda dentro da faculdade de comunicação social da UFC.

Como já é esse o quarto ano de SONU em que participam estudantes de jornalismo, quase em sua integridade alunos da UFC, evidenciamos o interesse crescente em cobertura internacional por parte do alunato de nosso curso. Como discentes, levantamos a perspectiva de transformar o CII da SONU em um projeto de extensão do jornalismo UFC, para que futuramente se efetive também a disciplina de jornalismo internacional em nossa faculdade.

 

Para conferir a agência web, acesse: Irin da Sonu 2009

Os vídeos das agências de tele estão disponíveis em: TVSONU

Filed under: jornalismo UFC, ,

apresentações

Fico calada em eventos sociais e falo pelos cotovelos em varandas e cafés. Gosto de estar no meio da gente e perco tempo na vida dos outros, depois abro meus cadernos e escrevo. Penso na estrada 24 horas por dia. Sou de lá como quem está sempre a caminho.

Minha memória parece ter sido feita para ouvir e reter histórias. É como construo minha própria emoção diante do mundo, através do ouvido absoluto às vozes dos outros. A educação formal que persigo é consequência dessa multidão dentro de mim - as borboletas do meu estômago.

Portanto, por ora, sou graduada em jornalismo pela Universidade Federal do Ceará e mestranda em Economia Política Internacional pela Universidade Federal do Rio de Janeiro. Mas venha com música, literatura e um sentimento de mundo aqui pra casa, e teremos assunto pra muitos anos.